Open/Close
Português
Por Harm Otten, Vice-Presidente Executivo de Recursos Humanos, DHL Global Forwarding & Freight
Por Harm Otten, Vice-Presidente Executivo de Recursos Humanos, DHL Global Forwarding & Freight

Criar uma cultura de resiliência

Em 28 de janeiro, tive o privilégio de ver a DHL Global Forwarding, Freight na cerimônia Top Employer 2021, na qual recebemos 35 certificações nacionais, seis regionais e a Certificação Global Top Employers! A nossa merecida vitória deve-se a cada indivíduo dos vários departamentos de Recursos Humanos que contribuíram incansavelmente para tornar a DHL Global Forwarding, Freight o que ela é hoje.

Durante esta cerimônia de premiação, tive a honra de responder a algumas perguntas em um painel ao lado de Annick Deschoolmeester, Chefe de Global Learning & Talent Management na Takeda sobre o tema fundamental “Cultura Organizacional: Criar uma cultura de resiliência”. 

O que é preciso para criar uma cultura de resiliência?

Uma empresa e uma cultura resilientes não são criadas da noite para o dia. Isto é algo que se desenvolve ao longo dos anos e os componentes mais importantes para mim giram em torno da estrutura organizacional e da prática, da tecnologia e da informação e, claro, da liderança e do mindset do pessoal.

Estratégia e Objetivo

Um mindset ágil precisa ser inserido na cultura de toda a organização. Isso começa nos cargos superiores e vai até os cargos inferiores. As pessoas têm de conhecer a nossa estratégia, qual é a sua tarefa e o nosso objetivo global, e para a DHL é conectar as pessoas, melhorar vidas e isto agora é mais relevante do que nunca!

Estrutura organizacional

Todas as nossas estações empresariais na nossa rede global em mais de 100 países têm planos de continuidade empresarial em vigor, onde estamos tentando nos preparar para o inesperado. Estes planos são regularmente discutidos e praticados em todos os departamentos. A preparação é crucial e, por meio desta preparação, desenvolvemos a confiança. A confiança leva à coragem e à resiliência e, por meio dela, produzimos resultados. Paralelamente, asseguramos que o nosso pessoal é importante e que a segurança de todos está sempre em primeiro lugar, por meio de medidas minuciosas de Saúde e Segurança.

Além disso, desenvolvemos produtos como o “DHL Resilience360”, que é uma plataforma inovadora de software de gestão de riscos de supply chain que ajuda as empresas a prever, avaliar e mitigar o risco de rupturas na supply chain.

"Go Help" e "Get Airports Ready for Disaster" são outros exemplos nos quais estabelecemos parcerias com a Organização das Nações Unidas para a realização de workshops de vários dias para o pessoal nos aeroportos e organizações locais de gerenciamento de emergências. Isso os ajuda a melhorar os processos de despacho e processamento de grandes volumes de colaboradores e suprimentos de ajuda humanitária recebidos. Por meio disto, nos conectamos à sociedade e ajudamos a melhorar vidas.

Tecnologia

O nosso negócio é a logística global e as informações e dados são fundamentais para que isto funcione. A capacitação por meio da digitalização e das informações curtas e rápidas, de cima para baixo e de baixo para cima, é fundamental para resolver situações extraordinárias. Exigimos que as pessoas atuem localmente como empreendedores. Exigimos uma comunicação rápida na nossa rede por todo o mundo. Capacitação para trabalhar em qualquer lugar e a qualquer momento com as informações corretas é o fundamental para nós. Olhando para 2020, penso em mim tentando realizar mudanças para ter pessoas trabalhando de casa, e equilibrando melhor casa e escritório por 30 anos, não fui capaz de realizar uma mudança sequer. Quando o COVID-19 surgiu, em 48 horas isso foi possível! Mais de 80% do nosso pessoal estava capacitado, no mais curto espaço de tempo, para atuar em prol dos nossos clientes e interagir na nossa rede. Informações rápidas e decisões rápidas foram possibilitadas por meio da tecnologia.

Liderança que fomenta a Confiança e a Capacitação

Trata-se da capacitação do nosso pessoal, não? O nosso papel como líderes é facilitar para que nosso pessoal possa fazer o seu trabalho. Confiando neles para conhecerem as circunstâncias locais em que devem operar, sendo bons ouvintes e estando abertos ao feedback. O pessoal tem de sentir que pode agir, pode correr riscos, ter a confiança da empresa e sentir que pode ser empreendedor com os seus clientes.

“Ter e criar confiança” é um dos nossos Atributos de Liderança e parte principal da nossa cultura. Os nossos líderes confiam no seu pessoal, confiam neles para tomarem decisões e entrarem em ação quando necessário. Todos os nossos treinamentos de liderança exalam este espírito.

Espírito empreendedor

O sucesso da nossa empresa é ter uma rede global com empreendedores locais. Convidamos os nossos colaboradores a resolverem o assunto por conta própria e a encontrar soluções para os nossos clientes. Isto é realmente um trabalho gratificante para o nosso pessoal, porque lhes dá propósito e espaço para agir.

Nós, como líderes e como empresa, podemos oferecer estabilidade e segurança ao nosso pessoal neste mundo louco que nos rodeia. Vejo que a resiliência é um processo contínuo, mas começa com um lugar seguro na nossa empresa.

Take ownership, Allow change, Be brave” [Assuma a responsabilidade, permita a mudança, seja corajoso] foi a mensagem principal de Tim Scharwath, o nosso Diretor-Presidente [CEO] da DGFF, na nossa conferência global virtual de 2021, e resume o que é uma cultura resiliente.

Harm.jpeg

Harm Otten, Vice-Presidente Executivo de Recursos Humanos, DHL Global Forwarding, Freight

Este artigo apareceu originalmente em LinkedIn Pulse.