Open/Close
Português
Por Gitta Haßenbürger e Janneke Roelofs, Auditores de RH, Top Employers Institute
Por Gitta Haßenbürger e Janneke Roelofs, Auditores de RH, Top Employers Institute

Por dentro da mente do Diretor de RH: Recompensas e reconhecimento

 

Embora 2020 tenha sido um ano que mudou tudo na maioria das empresas, algumas mudanças foram mais óbvias do que outras. A rápida mudança para o trabalho em casa e a aceleração para fazer negócios online foram assuntos muito abordados na mídia. Contudo, nos bastidores, muitos dos nossos Top Employers se envolveram em uma revolução mais silenciosa, mas não menos significativa. Os empregadores estão utilizando a recompensa e (em particular) o reconhecimento para deixar de administrar a experiência dos colaboradores e passar a compreender e apoiar sua experiência de vida mais ampla.

Maslow, recompensa e reconhecimento

A hierarquia de necessidades de Maslow é um conceito familiar para muitos Diretores de RH. Ela é muito relevante para as mudanças que estamos vendo atualmente em termos de recompensas e reconhecimento. Cada um dos seus níveis, desde as necessidades fisiológicas básicas na base até necessidades mais sofisticadas de autorrealização no topo, deve ser alcançado em sua vez.

No âmbito das Recompensas e Reconhecimento, existem forças similares em ação. Entre os Top Employers, as recompensas extrínsecas, na forma de remuneração e benefícios competitivos, há muito tempo foram estabelecidas como base para atrair e manter os talentos. Os colaboradores, contudo, querem agora uma abordagem mais holística, com fatores intrínsecos, tais como desenvolvimento de carreira, trabalho significativo e um sentido de propósito, cada vez mais em primeiro plano.

É nestes níveis superiores que entra o reconhecimento de um excelente trabalho realizado. O reconhecimento é o ato de reconhecer publicamente as pessoas pelo que são e pelo que fazem, e, portanto, a importância dos líderes, gerentes e outros colaboradores reconhecerem as conquistas uns dos outros só pode fazer com que qualquer ambiente de trabalho seja mais inclusivo e impulsione o envolvimento e a produtividade.  O reconhecimento é relacional, pessoal e espontâneo. A necessidade de reconhecimento pode ser intangível, mas o seu valor é inestimável.

Reconhecimento para todos

Os Top Employers sabem que, em um ambiente de melhores práticas, qualquer pessoa deve ser capaz de conceder reconhecimento a qualquer outra pessoa. Isto tornou-se crucialmente importante durante a pandemia de Covid-19. Líderes, gestores e colaboradores começaram inevitavelmente a ver-se uns aos outros por perspectivas muito diferentes, compreendendo um pouco melhor a sua vida em casa. Isto, por sua vez, está impulsionando a política de RH em uma série de outras áreas, tais como o bem-estar e políticas favoráveis à família, e o reconhecimento atua como catalisador para tornar estas e outras prioridades de RH mais fáceis de alcançar.

A nossa pesquisa mais recente, que avaliou 1691 Top Employers em nível mundial, mostra que quase todas as organizações participantes têm uma estratégia bem pensada por meio de Recompensas e Reconhecimento em vigor. Elas são adaptadas às necessidades de diferentes grupos de colaboradores, mas uma verdadeira estratégia de melhores práticas pode unir, por exemplo, o reconhecimento do desenvolvimento da carreira de um colaborador com relação ao seu compromisso com a D&I ou unir diretamente o sentido do objetivo empresarial de uma equipe à agenda de sustentabilidade. Assim, o reconhecimento, quando bem concedido, torna-se efetivamente o meio pelo qual as melhores práticas são aplicadas.

O peer-to-peer está aqui

Como é que os Top Employers oferecem recompensas e reconhecimento das melhores práticas? A pandemia trouxe consigo o ímpeto para uma abordagem mais rápida e ágil a ambos, com a tecnologia à frente e sendo o centro desta revolução.

O reconhecimento peer-to-peer está cada vez mais popular entre os Top Employers. Líderes e gestores estão habituados a conceder reconhecimento nos principais momentos predeterminados do ano. Mas a pesquisa sugere que os colaboradores, e particularmente os mais jovens, prefeririam o reconhecimento em tempo real. Portanto, um número crescente de Top Employers está iniciando programas digitais para respaldar tanto o reconhecimento formal como o informal peer-to-peer.

A pandemia tornou mais óbvia a necessidade de incentivo. Com líderes fisicamente desconectados dos seus relatórios diretos, há um risco real de que um bom trabalho dos membros da equipe passe facilmente despercebido e não seja reconhecido. O reconhecimento peer-to-peer significa que as organizações podem assegurar-se de que o reconhecimento é filtrado para todos os níveis da força de trabalho.

Exemplos

A Olam opera um programa formal de reconhecimento peer-to-peer em nível global, com um forte nível de implementação local para se adequar a diferentes costumes e sensibilidades.

A Allied Technologies tem um programa de reconhecimento móvel para colaboradores no Brasil que alinha o reconhecimento com as suas competências organizacionais.

A Computacenter tem um aplicativo móvel interativo, social e de reconhecimento, acessível por todos os colaboradores em todo o mundo.

Todas as três organizações relataram níveis mais elevados de interesse e envolvimento por meio das suas plataformas peer-to-peer.

Resumidamente, o reconhecimento é uma arma cada vez mais potente no esforço para manter as equipas motivadas e empenhadas. Mesmo assim, não é uma política que sirva para todos. Esse é um tópico culturalmente sensível, no qual a interpretação local é muito importante. Em algumas culturas, o valor é atribuído ao reconhecimento, enquanto em outras a gratidão está mais próxima da recompensa financeira. O que está claro, porém, é que as recompensas pagas pelos empregadores e, cada vez mais, as novas oportunidades de reconhecimento terão um impacto duradouro no desempenho empresarial em longo prazo.

O Top Employers Institute é a autoridade mundial no reconhecimento da excelência nas práticas de pessoal. Ajudamos as organizações a acelerar as suas práticas de pessoal para enriquecer o mercado de trabalho.

Torne-se um Top Employer